Implementação da BNCC e do novo Ensino Médio

Após o Plano Nacional de Educação ser aprovado em 2014, com metas e estratégias para a política educacional do país até 2024, duas outras importantes discussões ocorreram nos últimos anos: a busca de um consenso para elaboração de uma Base Nacional Comum Curricular, a BNCC, e a Reforma do Ensino Médio.

Por Medida Provisória, a Reforma do Ensino Médio foi aprovada em 2017. Já a BNCC do Ensino Médio foi homologada no final de 2018.

A BNCC traz as diretrizes para a educação de todo o país; o que é obrigatório ser ensinado em cada série. Ainda aponta quais objetivos precisam ser atingidos da Educação Infantil ao Ensino Médio. Já as alterações feitas no Ensino Médio têm como proposta reorganizar o modelo de ensino, valorizando a profissionalização e oferecendo ao aluno a chance de escolher cursar as áreas que possui mais afinidade.

As mudanças, porém, não possuem efeito imediato.

A professora e diretora pedagógica do Projeto UNOi, Eny Muniz, esteve no Colégio Platão e conversou com professores e coordenações sobre os desafios que se impõem às escolas a partir de agora. Em uma live, ela também explicou que o momento é de estudos, aprofundamento, produção de material didático e formação de professores.

Segundo ela, 2019 é o ano de centrar os estudos para a escrita de dois documentos importantes: o Projeto Político Pedagógico e o Currículo da escola. Em 2020, começará a implantação do currículo adequado às orientações da BNCC e, em 2021, deverá ocorrer a concretização das reformas do Ensino Médio.

Veja a entrevista com Eny Muniz e entenda um pouco mais sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *